segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Reflexões sobre o avanço tecnológico e o futuro da música


Com o avanço da tecnologia a informação é propagada em fração de segundos. O que é notícia agora, daqui a 15 minutos não será mais novidade. Se formos procurar problemas ou meio de satanizar a tecnologia como fazem alguns religiosos, encontraremos vários motivos, porém acredito que esse não é o caminho correto. O que devemos na verdade é nos valer desse recurso, tanto para crescermos quanto para expandirmos nossa carreira ou negócios. 

Um grande exemplo disso é as rádios on-line retratadas no texto 6 da disciplina. Os recursos oferecidos na rede mundial de computadores são ótimos para quem deseja propagar ou divulgar suas ideias ou promover seu trabalho, como os cantores, por exemplo, que não precisarão mais estar se humilhando diante de rádios pedindo para tocarem suas canções. Publicar algo na web é a tarefa mais fácil do mundo, o problema é retirar algo dela, ai é onde está o problema. Eu diria que essa se constitui na maior ameaça que a rede pode oferecer.

Como tudo no mudo virtual gira em torno da praticidade e aparência, temos os player citados no texto 7 da disciplina Recursos de Áudio na Web que une tudo isso em um só programa. São aplicativos que servem tanto para armazenar como reproduzir arquivos de áudio deixando a mão de qualquer indivíduo o poder de promover e divulgar arquivos de áudio com apenas um click. E isso ainda não é tudo, ainda é possível fazer transmissões de áudio e vídeo ao vivo como é mostrado no texto 8. É a tecnologia a serviço do futuro da informação.

Quando pensamos que já vimos de tudo a tecnologia avança e mais uma vez nos surpreende. Tudo hoje pode ser compactado, zipado, postado e compartilhado em fração de minutos. Quantos milhões de reais as indústrias fonográficas tem perdido por ano com essa brincadeira de compartilhamento? Está cada vez mais difícil lucrar com direitos autorais. Quantas pessoas não têm ficado conhecidas no Brasil por suas músicas, porém não tem desfrutado financeiramente desse sucesso? Qual será o futuro da música? Como os artistas fonográficos farão para sobreviverem de seu trabalho se sua arte tem escorregado pelos dedos? Essas são perguntas que apenas o futuro poderá responder, mas que são capazes de tirar o sono de qualquer artista da área.

Nenhum comentário :

Postar um comentário