sábado, 28 de fevereiro de 2015

A exploração dos conteúdos da TV em sala de aula

A televisão até uma cerda época, quando foi inventada sofreu um pouco de preconceito, principalmente por parte de algumas religiões como a evangélica que satanizou sua programação e proibiu seu fieis de se quer adquirirem um aparelho para suas casas, creio que a religião tem uma parcela de contribuição na aversão a TV pela educação.

Até certo tempo a TV nunca se preocupou em educar, mas em atrair telespectadores, sua programação visava o entretenimento e não a educação. Com o passar do tempo isso foi mudando, porém o preconceito por ela ainda continuou. A pouco ou não exploração dos programas de TV em sala de aula se dá pelo fato do descrédito de alguns professores com a mesma, por acharem que ela não dispõe de programas adequados e que possam ser utilizados com fins educativos, pelo menos é o que a maioria deles alega quando querem se justificar. Ledo engano! Alguns até tentam utilizar a TV, porém apenas como distração ou para preencher espaços de aulas vagas.

Para que essa situação seja revertida e a TV passe a ser utilizada como mais frequência na escola faz-se necessário um trabalho de conscientização com os professores. Pouco ou quase nada se sabe sobre os programas e até mesmo a própria TV ESCOLA que é pouco assistida por a maioria dos educadores. Programas existem e de ótima qualidade, porém é pouco difundido e incentivado nas escolas. Estou cansado de presenciar revistas da nova escola, TV escola ainda lacradas, onde muitas delas com a edição já fora de circulação.

Se os professores realmente se interessarem pelos benefícios da televisão, se buscarem conhecer, se especializar no assunto sem sombra de dúvidas ficarão surpresos com os benefícios. O problema nunca foi a TV, pois como qualquer outro meio de comunicação a televisão é neutra, mas sim o seu uso. Quando os professores forem conscientizados disso os programas televisivos com certeza estarão cada vez mais presentes nos planejamentos.

Nenhum comentário :

Postar um comentário