segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Cuidado com as máscaras

Minha viagem a Maceió ano passado me renderam muitas reflexões. O lanche bíblico dessa semana também aconteceu lá. Minhas sobrinhas me convidaram para ir com elas até um pré-congresso de jovens na Assembleia de Deus de um bairro vizinho. O culto foi uma benção. Um verdadeiro pentecostes onde jovens falaram em línguas, gritaram e pularam na presença de Deus. No caminho de volta para casa, ouvi minha sobrinha comentar com uma colega o quanto Deus é grande e poderoso e como ela estava feliz em ver um jovem que, durante o dia cometia crimes e causava terro na comunidade em quem vivia, falando em línguas no culto e cheio do poder.

Perguntei a ela se o tal rapaz ainda praticava esses atos e a resposta foi um sonoro sim. Expliquei para ela que, se esse jovem continuava na prática do pecado não era possível estar convertido, pois a conversão trazia arrependimento e mudança de atitude. Ela me perguntou como poderia ser isto e eu expliquei  a ela que infelizmente muitas pessoas estavam usando a igreja para se mascararem, esconderem quem realmente eram e que por isso deveríamos ter cuidado, pois nem todos que dizem ser cristãos verdadeiramente o são. 

A palavra do Senhor nos atesta em Mateus 7 que "Nem todo aquele que me diz: Senhor, Senhor, entrará no reino do céu, mas aquele que faz a vontade do meu pai que está no céu." Tem muita gente usando igreja para se esconder. Frequentando reuniões religiosas como uma forma de pagarem a Deus pelos seus erros diários. 

A Bíblia também afirma em 2 Timóteo 2 que "Deus conhece os que são seus e que, qualquer que professa o nome de Cristo aparta-se da iniquidade". Por isso, cuidado com o joio que se encontra no meio do trigo! Não nos foi dado o direito de separá-los, porém podemos peneirar nossas amizades e escolher com quem nos relacionarmos.

Jesus está voltando e Ele conhece todos os que lhe pertencem. Você pode até enganar ao pastor, seus pais e amigos, porém a Deus ninguém engana. Pense nisso!

Nenhum comentário :

Postar um comentário