segunda-feira, 7 de setembro de 2015

Mortal Kombat X

Quando eu era pequeno qualquer dinheiro que pegava corria para as locadoras jogas nem que fosse meia hora desse jogo, claro que a versão mais antiga. Na época já parecia violento pois até sangue saia dos personagens quando apanhavam. Os especiais era que me encantavam. Cortavam a cabeça, queimavam, lançavam em um lago de fogo, quebravam os ossos... Hoje ainda me sinto atraído em jogar esse tipo de coisa, ainda mais agora que o jogo evoluiu e os personagens estão cem vezes mais realista. 

Talvez você ache inofensivo ou besteira o que eu vou dizer, mas é bom ter cuidado com esse tipo de jogo, pois a bíblia nos ordena a não colocarmos nada mau diante dos nossos olhos. Segundo seus ensinamentos "Se os nossos olhos forem bons, todo o nosso corpo terá luz". Agora me digam, qual a vantagem que temos em manipular personagens com o objetivo de matar, triturar e sangrar oponentes em busca de satisfazer os nossos desejos mais sombrios? Somos maus por natureza, mas se o sangue de Jesus nos purificou do pecado, porque alimentarmos o pecado através dos olhos?

Mortal Kombat nunca mais, nem o jogo, muito menos os filmes e esse é o meu conselho para quem deseja limpar sua mente de violência. Evite jogos violentos e sanguinário, pois isso não agrada a Deus. Sim, já ia esquecendo de avisar aos amantes do Mortal Kombat que ignorarão totalmente essa matéria.  Não compre o filme "Mortal Kombat X O filme" pois é horroroso, mal feito, com cenas extraídas do jogo cheio de cenas cortadas e a maioria das lutas foram deletadas. 

Nenhum comentário :

Postar um comentário