segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Não amemos de palavras

Estou a quase três meses de casado e amo dizer para a minha esposa que a amo. É uma espécie de exercício que faço todos os dias para mostrar para ela o quanto ela é importante pra mim e me fazer lembrar do compromisso que temos firmado diante de Deus e dos homens. Ultimamente essa palavra está muito banalizada. As pessoas dizem que ama qualquer coisa e a todo momento sem se importarem para o peso que essas palavras carregam.

Em 1 João 3.18 o Senhor nos aconselha a não amarmos de palavras e nem de boca, mas sim de atitude e em verdade. Em outras palavras, Deus está dizendo a não apenas dizermos que amamos, mas provar isso diariamente na forma de tratarmos uns aos outros. De nada adiante um marido dizer que ama sua esposa se a trata com despreso diariamente e a trái constantemente? De que adianta um filho dizer que ama seus pais se não dá ouvidos a seus conselhos. Se os desrespeita na frente das outras pessoas? 

De que adiante você se dizer cristão, andar com uma bíblia debaixo do braço, não perder nenhuma reunião na igreja, se vestir de forma a se parecer com um cristão se as suas obras não mostram que você ama verdadeiramente a Deus. De que adianta dizer que amam a Deus que nunca viram, se não conseguem amar ao próximo?  

A única maneira de mostrarmos que amamos verdadeiramente alguém é demonstrando com nossos atos. Fassa como eu, diga diariamente que ama, mas prove com suas ações. Diga que ama seus pais, mas os respeite. Diga que ama seu marido, sua esposa, mas lhe dêem Beijos e abraços,  entregue flores, dê massagem em seus pés. A vida não é feita de palavras, mas de atos.

Que Deus te abençoe. 


Nenhum comentário :

Postar um comentário