quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

O Diário de Anne Frank

Depois da leitura do livro "O colecionador de lagrimas" embarquei nos pensamentos de Anne Frank. Sempre tive vontade de ler esse livro, mas ainda não havia tido acesso a nenhum exemplar, até que compraram alguns exemplares aqui para a biblioteca da escola. Como o anterior tratava dos judeus e Hitler esse serviu como uma continuação.

Como o título já mostra, o livro É o diário de uma adolescente que teve que se esconder junto com sua família por um bom tempo. Quase dois anos na verdade ela fica escondida e o que escreve reflete tanto os acontecimentos políticos, quanto às mudanças ocorrido em seu corpo e mente.

São 373 páginas que sofri para ler. Batizei de cassimba de areia, porque quanto mais lia, mais páginas surgiam. Não que o livro seja chato, mas é que as vezes é meio cansativo por diversos fatores que vocês só irão saber quando ler. Mesmo você tendo uma ideia do final, ainda assim se emociona com o desfecho. Primeiro livro de 2016. 



Nenhum comentário :

Postar um comentário